Imagem

Apicultor ganha mercado produzindo pinga de mel

Os apreciadores da novidade aumentam a cada dia e a aprovação do produto é imediata

A Produção artesanal ganha cada vez mais espaço na preferência do consumidor. Um novo produto destilado que está chamando a atenção de muitos em Colatina e região é o destilado de Mel, a pinga derivada do mel da abelha.

O Apicultor Guilherme Goldner tem experiência no manejo da produção de mel, comercializa o produto e os favos há muitos anos, mas sempre quis inovar em seu negócio.

Paralelo à produção de mel começou a fazer cachaça proveniente da cana-de-açúcar. Através de pesquisa decidiu produzir uma nova bebida para o mercado consumidor, o destilado de mel, popularmente conhecido como pinga.

Com uma produção artesanal, Guilherme Goldner, iniciou a fabricação de hidromel, que passa por um processo de fermentação, e já tem consumidores cativos; mas a vontade do apicultor era produzir o destilado de mel, o que começou a ocorrer há 3 anos. Diferente do Hidromel, a Pinga de Mel passa não só por fermentação, mas também por destilação. O processo tem diferenças em relação a produção da cachaça, e alguns segredos desenvolvidos ao longo de anos pelo apicultor.

Uma das coisas que chamam atenção na Pinga de Mel é a ausência total de coloração; é o mesmo que estar vendo água. O teor alcoólico é o mesmo da cachaça tradicional, mas os consumidores dizem que o corpo reage mais rápido do que com a pinga derivada da cana-de-açúcar.

Os apreciadores desta novidade aumentam a cada dia e a aprovação do produto é imediata, pois o sabor é diferenciado. Por ser um produto artesanal a comercialização não é em grande escala. Mas já pode ser encontrando em alguns restaurantes de Colatina e também sendo comercializado na Feira Livre, na Praça Sol Poente, aos sábados, assim como, em sua página no Facebook (mel, pinga de mel) e Whatsapp com o número 99744 1689.

Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!